PARA VOCÊ

Seu blog com temas de interesse do CORRETOR DE IMÓVEIS

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Olha aí CORRETOR! Notícia de primeira mão: 


DE 27 A 30 DE AGOSTO DE 2012 O COFECI ESTARÁ PROMOVENDO O IV ENBRACI   - ENCONTRO BRASILEIRO DE CORRETORES DE IMÓVEIS.
E,TAMBÉM,O I CONGRESSO INTERNACIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS.OS EVENTOS ACONTECERÃO NO CENTRO DE CONVENÇÕES DE BRASÍLIA.

Gente, ninguém pode perder. Agende agora e prepare-se.

REDIMOB - REDIMOB | Presidente do Cofeci fala sobre o “corretor de imóveis associado”

Veja a posição oficial do seu órgão representativo - O COFECI - sobre a figura do corretor de imóveis associado.

Consultores Imobiliários de Luxo.#Treinamento.#Gestão « Luxo News

Para CORRETORES que são UM LUXO.

REDIMOB - REDIMOB | Seis dicas para ser um corretor extraordinário

Dicas nunca são demais. Elas orientam, dão boas idéias e motivam. siga em frente CORRETOR

Biblioteca Digital Camões

Gente, CORRETOR tem de se aprimorar sempre. Ler é fundamental.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Quem paga ao CORRETOR?

A TAC - Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta - número 51.161.268/2009-6, firmado entre a a Abyara Brokers e a Promotoria de Justiça do Consumidor do Estado de São Paulo, em resumo fixa o seguinte: deverá ser inserido nos documentos relativos a compra de imóveis a informação explícita de que o consumidor não é o responsável pelo pagamento da comissão de corretagem. Veja a íntegra
A pergunta então é: Quem paga ao CORRETOR?
A consulta que deu origem a esta TAC refere-se à omissão de uma cláusula explícita nos documentos de venda  sobre o pagamento da comissão de corretagem. O consumidor assim se sente lesado, pois não é explícitamente informado sobre sua responsabilidade no  pagamento dessa comissão. Muitas vezes, quando da quitação da primeira parcela do imóvel, essa comissão é deduzida e o consumidor/comprador  fica com o saldo devedor, tomando conhecimento, só então, da sua responsabilidade. Um joguinho perverso que os consumidores não estão mais dispostos a jogar.
A partir daí outra questão se impôs: é mesmo o consumidor/comprador quem deve pagar essa comissão? Advogados especializados em Direito imobiliário dizem que não. A responsabilidade pelo pagamento da comissão de corretagem caberia às construtoras, dizem eles. Veja análise da ABMH.
 Nesta cena 4 personagens estão presentes - a construtora, a imobiliária, o CORRETOR e o consumidor. A construtora vende um produto (o imóvel), a imobiliária vende um serviço (a corretagem) o   CORRETOR  executa esse serviço (entrevista, prospecta, orienta, providencia documentos, acompanha visitas, etc) o consumidor adquiri o produto (imóvel) e usufrui do serviço (orientação, documentação, acompanhamento, etc). 
No jogo de empurra - quem paga quem, quando e como - está o executante do serviço que tem o direito de perguntar: Afinal, quem paga ao CORRETOR?

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Insistir dá certo?

Vou reproduzir um comentário feito na postagem anterior a esta:

"Já passei pela experiência de comprar e de vender um imóvel. 

Na primeira experiência achei incomoda a insistência da maioria dos corretores. 

-Oh, gente insistente! Era o meu pensamento. 
Isso me levou a evitar-los na venda.
Achava que a única condição para ser um corretor, era a de nascer com 
o dom de vender. 
Tenho inveja dos privilegiados com esse dom.
Se passar novamente por algumas das duas experiências, não vou mais evita-los...
Afinal não foram só privilegiados "gratuitamente" (na minha cabeça)...Vocês também correm, como eu, atras do prejuízo. 
Desculpem a minha ignorância!"

Eu gostaria de chamar a atenção de vocês para a palavra insistência e insistente associadas ao adjetivo "incômodo".  Pelo dicionário o verbo insistir tem o significado de 'pedir algo muitas vezes', 'perseverar' 'obstinar'. Tenho visto muitas dicas para corretores apresentando a perseverança, a obstinação, a insistência como qualidades necessárias para a prospecção de clientes, para a concretização das vendas, para a fidelização. Então por que a nossa comentarista associou insistir com incômodo? É que insistir tem uns significados com um viés negativo. Outros sinônimos para insistir são 'teimar', 'martelar', 'amolar', 'importunar', 'incomodar' . A pergunta então é:
 Quando o corretor deixa de insistir/perseverar e começa a amolar?

Parece que insistir/perseverar é uma atitude do corretor e amolar é uma reação do cliente. Nenhum corretor quer amolar o seu cliente. Mas ao perseverar ele amola, importuna. E então, gente? O quanto devemos perseverar? É mesmo uma questão de quantidade de insistência?.
Fiquei pensando nisto. E vou compartilhar aqui com vocês algumas conclusões:.
1 - A gente insiste quando não consegue alcançar o nosso objetivo. Você, corretor, quer vender, prospectar, permutar, fidelizar e o cliente em potencial fica dizendo não, não, não.E você persevera, teima, martela. Insisti.
2 - O cliente não está interessado nos objetivos do corretor. Ele tem os seus. Se ele insiste no Não, dá pra desconfiar que o CORRETOR não  está oferecendo aquilo que realiza os objetivos desse cliente.
Parece, então, que ao invés de insistir o CORRETOR tem é de saber direitinho o quê o cliente quer.
Pense um pouquinho nisso.


segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Em defesa do CORRETOR

A Virginia Duailibe, @v_duailibe, identificou na mídia uma tendência: colocar o CORRETOR como um elemento dispensável na transação imobiliária. Ela não deixou por menos e gritou no TWITTER, publicou no blog e movimentou os corretores. O Presidente do COFECI, João Teodoro da Silva, fez extenso comentário na postagem da Duailibe. Entre outras coisas disse:
Na verdade, a complexidade, a disponibilidade e o risco que medram as transações imobiliárias nos dias de hoje, aliados ao trabalho profissional por elas demandado, tornam tão indispensável a presença do do corretor de imóveis quanto o é a do médico, do advogado, do engenheiro e tantos outros profissionais no desenvolvimento de seu "desideratum". .
Vá até o blog da Duailibe e leia a íntegra deste  comentário e todos os outros. Faça também ouvir a sua voz: deixe um comentário lá. É bom ver tanta gente competente ao lado do CORRETOR!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Salão de Imóveis em Brasília


Em Brasília, amanhã, 19-10, tem início o Sexto Salão WImóveis. Serão ofertados 10.000 imóveis. A diversidade dos imóveis e do financiamento oferecida aos compradores é um dos pontos fortes do evento. Para o CORRETOR será mais uma ótima oportunidade de vendas.
Várias palestras acontecerão durante o evento. Não perca, CORRETOR!
Você que pretende comparecer ao evento credencie-se com antecedência acessando Credenciamento 
Local: ExpoBrasília - Parque da Cidade

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

terça-feira, 20 de setembro de 2011

O CORRETOR e o seu Produto


Prometi em postagem anterior (Dicas para o CORRETOR - Parte II) um post sobre o Produto. Pois bem. Pesquisei, estudei e desisti. É que o Sylvio Lindenberg já escreveu, em 2008, um artigo definitivo sobre esse assunto. Não vou chover no molhado. Vou mandar você para o blog do Derville onde este artigo está postado. É longo, pois o assunto é vital para o CORRETOR; por isso deixe a preguiça de lado e leia tudo.

O Blog do Derville: http://deimoveis.wordpress.com/ tem mais 'coisas' interessantes lá. Dê um passeio.

O artigo do Sylvio Lindenberg: O CORRETOR de imóveis fazendo a "lição de casa"


sábado, 3 de setembro de 2011

Como ser um CORRETOR


Muito já se escreveu sobre as exigências para ser um CORRETOR. No entanto, considero que este blog, voltado para a formação e qualificação do CORRETOR,  tem a obrigação de deixar isto bem claro. Então, aí vai. Para ser um CORRETOR é necessário:

1 - Ter, pelo menos, o segundo grau completo;

2 - Realizar, pelo menos, um desses cursos:
  • De Nível técnico - 1  ano
    • Técnico em Transações Imobiliárias - TTI
  • De Nível tecnológico- 2 anos
    • Tecnólogo em Negócios Imobiliários
  • De Nível Superior- 4 anos
    •  Bacharelado em gestão imobiliária
Você deve verificar se o curso e a escola escolhidos são credenciados pela Secretaria de Educação do seu estado e pelo MEC. Por exemplo, o INEDI teve o seu curso de Técnico em Transações Imobiliárias - TTI  aprovado pelo Conselho de Educação do DF (Parecer nº 278/2005), pela Secretaria de Educação do DF (Portaria nº 34, de 30/01/2006) e é cadastrado no MEC sob o nº NIC 23.003519/2006-37.

3- Inscrever-se no CRECI da sua região.
Para a inscrição são necessários alguns documentos. Informe-se no site do CRECI da sua região.
Veja exemplo de documentos solicitados pelo CRECI - DF.

É exigido ESTÁGIO, sob a orientação de um CORRETOR/Imobiliária, em todos os cursos que habilitam para o exercício da profissão de CORRETOR. Normalmente as escolas, em parceria com imobiliárias,  ajudam você a conseguir e realizar o seu estágio.
E então? Venha ser um CORRETOR!

sábado, 27 de agosto de 2011

Escute aqui, CORRETOR

Andei pelo TWITTER e pelo FaceBook e li/vi o que estão escrevendo para homenagear você no seu dia. Observei o seguinte: em uma grande parte dessas manifestações foi usado um discurso religioso/messiânico, apresentando o CORRETOR como realizador de sonhos, um forte contra as intempéries da vida, um batalhador, alguém preocupado com a realização do sonho do outro, magnânimo, enfim um santo. Não gostei!
O corretor enquanto indivíduo pode ser isto tudo aí. É assunto dele. Mas enquanto categoria não dá não! Enquanto categoria, repito para dar ênfase, o discurso tem de ser rebelde e reivindicativo.
Dentre as opções que a vida dá a gente pode escolher ser corretor. É uma escolha PROFISSIONAL. É feita para ganhar dinheiro, atender necessidades, tocar a vida pessoal e da família com dignidade e conforto. Enquanto categoria o CORRETOR é força produtiva de riqueza, tem direitos e deveres e tem de lutar pelos primeiros e respeitar os segundos.
O CORRETOR tem uma forte organização institucional e política  representada pelo COFECI e pelos CRECI's. Eu pergunto:
Como você a utiliza? Quantas vezes foi lá? Você acompanha as matérias de seu interesse que tramitam no Congresso Nacional? Você tem uma efetiva participação política nesses órgãos que o representam? Enfim, você faz política, isto é, defende os seus interesses?
O que eu tenho para dizer ao CORRETOR hoje é o seguinte
Você é agente de ponta da conjuntura econômica;
Você é importante na economia nacional;
Você é ainda imprescindível no mercado imobiliário.
Pois então! Levante a cabeça, empine o nariz, arregace as mangas e va buscar o que é seu.
Meus cumprimentos pelo seu dia.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Dicas para o CORRETOR - Parte II

Vamos continuar...



Pense, mas pense muito, sobre o quê você pode oferecer ao seu cliente. Isto dependerá de

  • quem é ele ( o seu maravilhoso cliente, claro!)
  • qual é o produto (esta sendo preparado um post só sobre o produto. Aguarde.)
  • qual é a conjuntura e....tchan, tchan, tchan...
  • o quê o seu concorrente está oferecendo.
                    (Isto é chamado de Diferencial Competitivo)
Parece simples, mas você, a duras penas, já descobriu que não é, não é mesmo?
Aquela conversa antiga sobre as benesses da informação para a tomada de decisão, para o estabelecimento de estratégias e linhas de ação, não era conversa mole não. Quem, o quê, onde, quando e como devem se transformar em perguntas e devem ter respostas fundamentadas. Daí a necessidade de informação.
Vou dar uma ajudinha, mas já vou adiantando - Você terá de trabalhar também.
LEIA ISTO
A cabeçca de Steve Jobs Leander 
Este cara revolucionou o seu segmento de ação. Aprenda com ele!!

O vendedor Pit Bull 
Faça como o bichinho aí  - com barulho ou em silêncio, não dê trégua.


A coleção Gestão Empresarial da revista Isto É. Leia TUDO.
         Como vender o seu peixe - marketing básico
         Planejamento Estratégico - também básico
         Como ser um empreendedor de sucesso - Isto você já é, pois lê este blog. Mas pode melhorar, certo?
Todos estes links estão disponíveis no blog EbooksGratis - Vá até lá e divirta-se. Tem mais de 1.000 ebooks grátis!!!!!!


Achou muito? Pois te digo Tem mais, muito mais....


VEJA ISTO


                                   Faça o cliente dizer UAU


                               Entre no mundo do seu cliente


Por hoje é só. Volto depois.
O dia do corretor está chegando. O que será que o blog vai trazer neste dia especial???? Aguarde.

domingo, 21 de agosto de 2011

Dicas para o CORRETOR - Parte I



Trago algumas dicas (podem parecer óbvias, mas...) para quem  está começando como CORRETOR - e como CORRETORA também, claro, claro...– e para aqueles que já começaram a um tempinho ou tempão e andam por aí patinando....:
  • Seja um correto CORRETOR – seu nome tem valor inestimável.  Qualquer poeirinha nele é prejuízo na certa. Veja seu nome como uma marca que deve

1-      Ser facilmente reconhecida como, por exemplo
 
Você vai perguntar como fazer isto, não vai?  Eu não digo. Até porque eu não sei. Mas lá no fim do post tem link para um montão de gente que sabe. Trabalhe um pouco, ora essa!




      2-       Identificada com honestidade, correção, profissionalismo como, por exemplo...... não ouso sugerir nenhuma empresa/marca. Você pode ajudar?
  •   Qualifique-se, qualifique-se, qualifique-se. Olha a Internet aí, gente! Use-a. Textos, notícias, informação, cursos, eventos, relacionamento. Tudo está disponível na Rede. Digo sempre: Se não está na REDE, não existe. Leia e acesse os links da postagem anterior e faça das mídias sociais suas aliadas.
  •   Em decorrência da dica anterior INFORME-SE. O quê você está vendendo não é uma casa ou apartamento, ou empreendimento. Você está vendendo um SERVIÇO. Quanto ao serviço saiba, sem sombra de dúvida, o quê o cliente espera de você. Lembre-se: o seu cliente é tanto aquele que oferece o imóvel quanto aquele que se interessa por ele. 
FAÇA ISTO!
Seja apenas um pouquinho mais discreto.




Será que ele só quer que você encontre um imóvel para ele ou alugue /venda o imóvel dele?  Você conhece as expectativas de ambos os lados da negociação? Você sabe o quê os motiva, em qual perfil sócio-econômico eles se enquadram? Quais os seus planos a curto prazo?

Leia AQUI sobre a importância do primeiro contato para coletar informações dos seus clientes e a ATITUDE mais producente.

·         Como diz o Ricardo Roesler  “Aprenda a ouvir antes de entrar numa conversa”. Eu acho que seu cliente esta conversando é com o sonho dele. Ouça, ouça. Só entre na conversa depois de entender o quê ele diz e o quê ele quer (Na maioria das vezes não é a mesma coisa.).


               

                          


Veja!  Esta aí vai dizer: - Quero uma maçã. 

Mas o quê  quer mesmo é um donut cheinho de creme.


           




E você só saberá isto e muito mais, ouvindo com toda atenção.

     E aproveitando o link aí do Ricardo veja também  Cross sell: ofereça o que o cliente quer e não sabe



      Depois tem mais dicas. Boas vendas!

     E, por favor, comente este post. Se não disser nada assumirei que tudo está ótimo e aí então acho que você corre riscos... eu posso abordar  temas que não interessam,  com uma profundidade inadequada, posso ainda ter um tom que irrita. Pois então comente. Tome este espaço e faça-o seu.

     Em tempo os links que prometi. Aqueles sobre como fazer de seu nome uma Marca.

     (Dirigido a advogados, mas você CORRETOR, também pode aproveitar.) 

     (Um filminho. Afinal ninguém é de ferro. Aproveite a janela do YouTube e veja outros.) 

     (Tem até passo a passo.)



 



terça-feira, 9 de agosto de 2011

NOVA ENQUETE - Deve ser exigido exame de proficiência para inscrição no CRECI?

Na barra lateral  fazemos uma nova enquete.. RESPONDA! Deixe a gente saber o quê vocês pensam sobre temas de interesse do Corretor.

VENHA TWITTAR com o INEDI

Siga o INEDI no TWITTER. @INEDIDF.

sábado, 6 de agosto de 2011

Corretor e Redes Sociais

CORRETOR,
Faça uso das redes sociais e melhore sua performance. Elas estão aí, agregando milhões de usuários e oferecendo facilidades para todo empreendedor. Entre nelas, é fácil! Todas oferecem suporte intuitivo para o desenvolvimento do seu perfil e para a sua participação.
Clique nos links abaixo e conheça algumas dessas redes:


Se você deseja conhecer mais sobre as possibilidades das redes sociais baixe o e-book "Para entender as mídias sociais". É grátis.(Quem não gosta disso?)


BAIXE AGORA
[via: http://www.midiassociais.net/]

Acessando os links abaixo você pode entender o poder das mídias sociais:


CORRETOR, se você está fora, entre. Se está dentro, otimize.