PARA VOCÊ

Seu blog com temas de interesse do CORRETOR DE IMÓVEIS

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Profissionalismo - Conhecimento - Estratégia


Construtoras promovem saldões

 Pensamento do dia 

"Buscar e aprender, na realidade, não são mais do que recordar."



Estatísticas indicam que a valorização dos imóveis, principalmente os residenciais, está abaixo da inflação.
Empresas do setor apostam nos saldões de venda para evitar despesas extras com os seus estoques.
Nos saldões as empresas promovem descontos de 45% em média. 
A oportunidade de comprar um imóvel bate à porta do cliente. 
Para você CORRETOR, a oportunidade é de vender.
O CORRETOR proativo sabe que o fator "satisfação do cliente" é crucial e consiste em;
  • atender o cliente nas suas necessidades em relação as características físicas do imóvel;
  • adequar o valor do imóvel às possibilidades financeiras do comprador;
  • quando houver a necessidade de financiamento mostrar as alternativas possíveis, considerando a capacidade financeira do cliente.
Quando a satisfação do cliente é alcançada, os objetivos compra/venda são atingidos.
Conclusão: - satisfação do cliente atesta a competência do CORRETOR.

CORRETOR! Arregace as mangas. Elabore uma estratégia. Exponha a sua competência. Venda.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Reunião dos melhores Eventos



VI EMBRACI - Encontro Brasileiro de Corretores de Imóveis


A reunião dos maiores e melhores encontros  promovidos para o setor imobiliário faz da cidade de Fortaleza um espaço para o mega acontecimento.
A expectativa é  incentivar  conhecimentos e estratégias e gerar negócios para o mercado nacional e internacional.
O EMBRACI é uma iniciativa do COFECI-CRECI e os CORRETORES filiados à essa entidade terão oportunidade de reciclar, aprimorar e atualizar informações, ganhando assim vantagem competitiva.
Você, CORRETOR, não pode perder. Inscreva-se já:  VI Embraci .



sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Termos Imobiliários

Hora da Corretagem


Pensamento do dia 
"Quer você acredite que consiga fazer uma coisa ou não, você está certo."



É uma taxa fixa ou variável paga como forma de remuneração ao intermediário de uma operação comercial. 
A Taxa fixa como o próprio nome diz, é fixa e  estipulada anteriormente à contratação do negócio. 
A taxa variável também é feita anteriormente. A diferença é que se estabelece uma porcentagem sobre o valor total  da operação a ser realizada.  
Normalmente essa taxa é paga no ato da finalização da transação.
Portanto, a Corretagem é  uma comissão a ser paga ao CORRETOR  por uma operação financeira entre pessoas.
Deve ser  observado  com atenção a regulamentação pelo Código Civil de 2002 com a inserção dos artigos 722 a 729, a necessidade de adequação para você CORRETOR de imóvel, dado a sua importância como mediador de uma operação comercial.
Essas inserções regulamentadas ocorreu visando a necessidade de disciplinar o  contrato de Corretagem e não a profissão dos CORRETORES. 
A profissão do CORRETOR é regulamentada pela lei 6530/78 , do Codigo Civil.

Referencias:
http://jus.com.br/artigos/26874/a-relacao-entre-corretores-de-imoveis-imobiliarias-e-o-mercado-imobiliario
http://www.jurisway.org.br/v2/dhall.asp?id_dh=9840
http://www.normaslegais.com.br/guia/contrato-de-corretagem.htm

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Cliente Jovem

O perfil esta em alta



Pensamento do Dia
"O mundo pertence aos otimistas: os pessimistas são meros espectadores."


Isso mesmo CORRETOR. Vários analistas e entidades de pesquisa afirmam que a faixa etária do consumidor está se concentrando abaixo dos 30 anos.
A ampliação de credito, a facilidade de pagamentos (prazos mais longos), estimulam os jovens que sonham com o primeiro imóvel. O premio pôr tal ousadia é a saída da casa dos pais, os tornando independentes. 

Geralmente o imóvel que encanta esse perfil são os apartamentos menores, pois eles não precisam de muitos quartos, no entanto, deve ter bons espaços para receber os amigos. 
Boa localização e fácil acesso também são importantes tendo em vista o transitar desse cliente com energia para dar e vender. Eles querem morar perto do trabalho, da escola, da academia, do centro comercial e quando possível, da casa dos pais. 

Portanto Sr. CORRETOR, não deixe de ter em sua carteira bons imóveis com essas características e boas vendas.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

O Topo do Ranking

A hora e a vez do CORRETOR


Pensamento do dia 

"Se todas as batalhas dos homens se dessem apenas nos campos de futebol, quão belas seriam as guerras."



A tabela acima foi elaborada pela jornalista Mariana Niederauer a partir do banco de vagas da Catho do período 2011-2013 e publicada no Correio Braziliense do dia 22/06. Para aqueles interessados no mercado imobiliário e de profissões esta tabela possibilita algumas análises interessantes: 


  • O número de vagas ofertadas para o CORRETOR de Imóveis (7.149) é significativamente superior àquele oferecido para outras profissões. Isto demonstra uma demanda aquecida para este profissional. Portanto, aqueles que pretendem ingressar na profissão de CORRETOR de Imóveis têm ai um motivo forte para persistir;
  • O salário médio oferecido aos CORRETORES de Imóveis (R$2.876,00) é superior ao de duas profissões que exigem formação de nível superior (analista de business intelligence e médico pediatra). É interessante observar ai que a profissão de CORRETOR de Imóveis, em termos de formação, exige apenas o segundo grau e o curso de Técnico em Transações Imobiliárias. Este curso técnico pode inclusive ser feito online (VEJA AQUI ) . Então o investimento no curso de Técnico em Transações Imobiliárias possibilita aos portadores do diploma de segundo grau o acesso a uma profissão com alta demanda no mercado como vimos no item acima e com um salário médio expressivo para esse grau de formação;
  • Na reportagem onde esta tabela esta inserida (VEJA AQUI) a autora enfatiza a necessidade de permanente qualificação. O CORRETOR de Imóveis além de se manter atualizado sobre o mercado deve procurar oportunidades de aprimoramento profissional. Dentre as possibilidades oferecidas para a qualificação do CORRETOR está o Perito em Avaliação Imobiliária que possibilita um upgrade significativo na profissão (VEJA AQUI).



Portanto, você que já esta no curso de Técnico em Transações Imobiliárias esta trilhando um ótimo caminho. E você que pretende se qualificar para uma profissão com alta demanda e bons salários deve considerar a possibilidade de se formar como CORRETOR de Imóveis.


segunda-feira, 26 de maio de 2014

Mercado Imobiliário e a Copa.


Previsões



Pensamento do dia
Hoje o dia esta tão lindo que vou chama-lo de "EU".





As previsões, em sua maioria, são otimistas.
 A Copa acontece no período de um mês. O sonho da casa própria não termina com a Copa. Esse sonho só termina com a aquisição da casa sonhada.
O credito imobiliário vem batendo recordes. O limite da cobertura do FGTS para financiamentos da casa própria, que era de 650 mil, subiu no ultimo semestre para 750 mil, aumentando as possibilidades de compra.
As previsões apontam para um risco baixo com relação à Bolha Imobiliária, apesar do alto preço dos imóveis. 
A capacidade de compra sofreu em relação ao aumento dos imóveis. Mas as previsões são de que os preços daqueles de até 500 mil  sejam paralisados e os acima disso sofram uma desvalorização.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Profissionalização e Qualificação

Invista em Você


Pensamento do dia
"Eu adoro minhas rotinas; afinal, sou eu mesmo que as faço".



O INEDI, em parceria com a PLANARH_Brasília, esta promovendo mais um curso imperdível para a qualificação de diversos profissionais.

Curso de gestão condominial
Carga Horária: 40 h/a
• Formação do condomínio (04 horas)
• O condomínio e o novo código civil (02 horas)
• O síndico e suas responsabilidades (04 horas)
• Outros cargos em um Condomínio (02 horas)
• Funcionário em condomínio (04 horas)
• Aspectos trabalhistas em condomínio (04 horas)
• Despesas (02 horas)• Fundos Extras (04 horas)
• Obras em condomínios (02 horas)
• Balancetes de Condomínio (04 horas)
• Manutenções em Condomínio (04 horas)
• Empresas necessárias em um condomínio (02 horas)
Público Alvo: síndicos, subsíndicos, administradores de imóveis, corretores de imóveis, advogados, etc.
Investimento: R$300,00 a vista ou R$320,00 em duas parcelas de R$160,00.
Início das matrículas: 12 de maio de 2014
Metodologia: Curso totalmente online.
Desenvolvedores: INEDI e PLANARH_Brasília
Certificado: ao final do curso o aluno receberá um certificado do INEDI/PLANARH.
Professor/tutor responsável: Walkir de Oliveira Souza.
Perfil do profissional: Gestor em técnicas de negociação, coaching empresarial e técnico, planejamento estratégico, elaboração de projetos para captação de recursos (PMBOK-PMI), inteligência emocional, instrutor em gestão da qualidade ISO 9000, técnicas em vendas, formação em Técnico em Telecomunicações e Gestor em Marketing pelo UNICESP-DF, cursando Direito (FORTIUM-DF).
CONTATOS: INEDI: 3321.6614 
Prof. Walkir: 3395.6081/9500.0039/8218.1838   e.mail: walkirsouza@gmail.com

MATRICULE-SE NO SITE DO INEDI: www. inedidf.com.br


Qualificar cada vez mais o torna diferenciado e você sai na frente.    
Investindo em qualificação CORRETOR, o retorno investido é certo.

   

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Investir no Mercado Imobiliário?

Há Controvérsias...

Pensamento do dia  
"Sorria! Acordado você já esta, basta decidir se o dia será bom ou ruim."


Estudos indicam que não há consenso sobre um momento bom ou ruim para investir no mercado imobiliário. Incertas  também são  as opiniões sobre  o momento ser  ideal para comprar/alugar ou comprar/revender. No entanto, parece haver um consenso com relação ao alto preço dos imóveis no momento.

Apesar dos fatores negativos está longe de ocorrer uma queda nas vendas. Conforme estudo feito pelo FIPE - Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, o metro quadrado no Brasil teve um aumento considerável e vai continuar em ascensão no decorrer do ano de 2014. Não esquecer que comprar para investir é extremamente diferente de comprar a casa própria. "O rendimento do aluguel precisa ser compatível com o valor investido no bem, ou o preço de revenda deve ser consideravelmente maior que o de compra para compensar o investimento."


Para Janser Rojo - socio da Soma Invest, a hora de comprar para investir é positiva.
“Oportunidades ainda existem em cenário de acomodação” 
“Diferentemente da casa própria, o imóvel para investimento exige do comprador mais cuidado e tempo para encontrar boas oportunidades. Elas sempre existem, em qualquer período, só é preciso saber ir atrás. Não é possível saber ainda se após a Copa do Mundo haverá um cenário melhor para investir em imóveis. Vai depender do andamento da economia e dos fatores que afetam a dinâmica das cidades, como geração de empregos e produtividade na indústria. Isso afeta diretamente o mercado imobiliário”.


Na opinião de fundador do Instituto Coaching Financeiro, programa de educação financeira, Roberto Navarro, o sinal está vermelho para o quesito investir no mercado.
“Não é bom momento para investir” 
“Essa não é a melhor hora para quem pensa em investir em imóveis. A melhor forma de não perder dinheiro com um investimento [em tempo de preços altos] é comprar um terreno, de preferência em um condomínio fechado e construir uma casa. Assim, dá para reduzir em até a metade o valor investido. Nesse caso especificamente, passa a ser um bom negócio, sim”.

As variáveis a serem consideradas para decidir investir no mercado imobiliário são muitas. O CORRETOR deve estar ciente de todas elas para orientar bem os seus clientes. Portanto, deve acompanhar as informações sócio-políticas e econômicas.

Fonte:
http://www.bolhaimobiliaria.com/2014/04/29/comprar-imovel-para-investir-e-roubada-especialistas-respondem-ig/




quarta-feira, 9 de abril de 2014

Termos Imobiliários

A hora e a vez do Laudêmio.


Pensamento do dia
"Curiosidade: instinto que leva alguns a olhar pelo buraco da fechadura, 
e outros a descobrir a América".




Essa foto de Lago Laudemio é cortesia do TripAdvisor

A Ilustração é do  Lago Laudêmio, na Italia. 
No Brasil, Laudêmio é o pagamento feito pelo proprietário  de um imóvel, quando vendido,  ao proprietário de origem que  é a União. Generalizando, podemos classificar como propriedade da União os lugares de uso comum do povo. Para definir melhor o proprietário de origem, usaremos a orla maritima. Ela é de propriedade da marinha e, portanto, da União.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

A Operação é Somar


Nova parceira 




Pensamento do dia 
"Quando plantamos uma ideia, colhemos uma ação. Quando plantamos uma ação, colhemos resultado. Quando cultivamos parceria, colhemos sucesso".



HABITAÇÃO - Empreendimentos &Consultoria Imobiliária é a mais nova parceira do INEDI
Conteúdo e experiência  em atuar no mercado de trabalho da nova parceira somadas à nossa experiência em formar profissionais qualificados resulta em benefício para o CORRETOR. 
O primeiro benefício visível já esta em vigor. A HABITAÇÃO disponibiliza, junto ao INEDI, pagamento integral do curso de TTI para seus colaboradores e de bolsa e carteira  do CRECI para os estagiários.
A empresa  se propõe também, como fonte de referência, apoiar o aluno e o futuro profissional. 
Bem vinda a nova parceira e sucesso a todos que estarão fazendo parte desse novo projeto. 


terça-feira, 18 de março de 2014

Tendências e Inovações

Vigésima  Feicon Batimat 2014.


Pensamento do dia
"Cada minuto que passa é uma nova chance para mudar tudo para sempre".




Essa edição do Salão Internacional da Construção tem como objetivos: 
  • evidenciar as Tendências e Inovações no setor da construção civil na America Latina;
  • Promover a integração entre mercado brasileiro e internacional;
  • Promover a interação entre empresas e entre os principais profissionais do setor. 
O evento esta acontecendo e o seu término é para o dia 22 de março.
No Pavilhão de Exposições Anhembi, a Feicon Batimat estima impressionar cento e trinta mil pessoas que a visitarão.
As novidades ficarão por conta de visitas a empreendimentos, realizações de palestras e reuniões de diversos profissionais renomados.
CORRETOR! A Feicon Batimat é um acontecimento "imperdível" para todo profissional do setor.
Não perca nenhuma informação nos próximos dias. E amanhã veja nosso post com outro evento fundamental para o CORRETOR.

quinta-feira, 13 de março de 2014

Captação de Imóveis

Palestra




Pensamento do dia 
"Para o verdadeiro sucesso, pergunte a si mesmo 4 questões: 
Por quê? Por que não? Por que não eu? Por que não agora?"




Foto dos participante da ultima palestra realizada em 12/03/2014.

Continuam as palestras do corretor Rodrigo Barreto, sobre captação de imóveis. Relembrando: ele é autor do livro Captação de Imóveis: os segredos que você precisa saber.
As paletras são realizadas toda quarta-feira, no horário de 19:00h (dezenove) até as 21:00h (vinte e uma), no auditório do INEDI.
Ótimo para o aperfeiçoamento dos CORRETORES e gratuito.
Veja entrevista com o palestrante neste blog.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Dicas para o CORRETOR

A hora e a vez do...



Pensamento do dia 
"Existem três tipos de pessoas. As que fazem acontecer, as que ficam vendo  acontecer e as que se perguntam: O que aconteceu?"




Contrato de Compra e Venda



Os aspectos principais e obrigatórios de um contrato de Compra e Venda, são:  conhecer e entender as cláusulas. 
Elaborar as cláusulas é de  suma importancia. Elas vão garantir  e obrigar, tanto o comprador como o vendedor no desenrolar da operação compra/venda. 
Cumprir e exigir é tarefa das clásulas em relação às partes envolvidas e  devem ser claras e objetivas para que os interesses das partes sejam resguardados em situações adversas.
Os dados pessoais do comprador e vendedor, como nome, nacionalidade, estado civil, profissão, CPF, RG e endereço da residência, devem ser observados e conferidos.
A identificação e descrição detalhada e precisa do imóvel (objeto) devem constar do contrato e ser idênticas àquelas constantes na matrícula, ou seja, no registro legal do imóvel.


Clausulas indispensaveis: 
  • Especificando sobre  consequências acarretadas ao  descumprimento de  cláusulas;
  • Sobre o valor e  pagamento, quando for parcelado, as datas dos vencimentos das parcelas e como receberá o valor (Ex.:transferencia bancária; cheque administrativo, etc), devem ser descriminados;
  • Havendo inquilinos,  especificação da data exata da desocupação do imóvel;
  • Que tenha esclarecimentos  sobre dívida adquirida antes da entrega das chaves - responsabilidade do vendedor;
  • Fechando as clausulas, a "penal"- onde consta deveres e obrigações de ambas as partes e o valor a ser pago no caso de algum descomprimento das partes envolvidas.  



O objetivo principal do Contrato de Compra e Venda é  de "registrar juridicamente" os deveres e garantias das partes envolvidas. As consequências são para o Vendedor, o recebimento do valor e para o Comprador, a posse do imóvel. 

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Entrevista



Entrevistado: Sr. Rodrigo Barreto



Perguntas:
         i.            O senhor escreve para sites como o Redimob e o Marketing e Publicidade Imobiliária. Isto significa que possui um grande interesse e conhecimento sobre o mercado imobiliário. O senhor poderia fazer um resumo da situação atual desse mercado no Distrito Federal?
R: Após o receio da tão temida bolha imobiliária, especulações constantes de pseudos investidores, a expectativa da construção do novo bairro, Setor Noroeste, que também ajudou a elevar os preços de muitas unidades habitacionais, o mercado vem se estabilizando e mostrando uma readequação nos preços dos imóveis. Não houve queda no valor dos bens imóveis. Para que possamos entender melhor, uma coisa é valor de anúncio, outra é o valor real de venda. Alguns valores de anúncios estavam fora da realidade, o que assustava um pouco os consumidores. O que entendo, de forma bem resumida, é que isso tudo traduz a máxima da lei da oferta e demanda. Como a procura por imóveis diminuiu os proprietários passaram a perceber que teriam que reajustar o valor de venda das suas propriedades para poder comprar um novo imóvel, que também teria que ser negociado com o novo vendedor. O mercado está passando por uma readaptação. Assim, vejo que este é um momento oportuno para quem deseja adquirir a primeira ou uma nova moradia. É uma excelente ocasião para negociar.
       ii.            Qual o perfil de CORRETOR o senhor considera estar sendo exigido por esse mercado?
R: Existem vários perfis de Corretores de Imóveis. Mas, sem sombra de dúvida, o mercado está exigindo e, ao mesmo tempo, carente de profissionais mais qualificados, seja para atender aos desejos das imobiliárias quanto para atender os anseios dos clientes compradores e vendedores. O profissional não pode perder tempo. Aquele que mais rápido se preparar sairá na frente e terá mais oportunidades. Fazer cursos constantes de aperfeiçoamento sobre Direito Imobiliário, Avaliação, Captação de Imóveis, Obrigações e responsabilidades profissionais, Marketing Imobiliário, Técnicas de venda, Elaboração de Contratos, etc. Ter sucesso no mercado imobiliário, ainda mais nos dias atuais, depende da qualificação. Os clientes e empresas estão cada vez mais exigentes. A exigência é por profissionais qualificados e dinâmicos, com potencial de gerar negócios.
      iii.            No seu livro – Captação de Imóveis: os segredos que você precisa saber – o senhor expõe estratégias eficientes para a captação de imóveis. As imobiliárias têm políticas específicas para incentivar essa atividade?
R: Existem algumas imobiliárias que se preocupam com isso. Mas a maioria não pensa em incentivar os Corretores nesse sentido. E falo em incentivo na sua forma tangível. Eu, por exemplo, fui incentivado a captar imóveis a partir do momento em que a Rede Brasília de Imóveis lançou um incentivo: quem captasse mais imóveis em um determinado período levaria para casa uma televisão de plasma de 32". Pode parecer muito pouco se colocado de forma monetária. Mas esse foi um incentivo, pois queria ganhar o prêmio para presentear um parente. Mas o resultado foi mais gratificante do que apenas ganhar o prêmio. Pois a motivação me fez conseguir atingir a marca de trazer 31 imóveis para a carteira da imobiliária em 28 dias. Além disso eu acordei para uma realidade: captação de imóveis é algo que pode agregar muito valor ao profissional. Passei a ser desejado por muitas empresas do setor. Eu já não mais procurava uma imobiliária para trabalhar. Constantemente recebia convites de imobiliárias, inclusive ofereciam-me uma renda fixa. O profissional que foca em captação é um dos responsáveis por buscar o produto principal de venda das imobiliárias. Quanto mais imóveis a imobiliária possui, maiores são as chances de realizações de negócios.
     iv.            Nem sempre o captador é o CORRETOR responsável final pela venda ou locação. Nesse caso qual é o percentual que cabe ao captador?
R: O percentual destinado ao captador varia de imobiliária para imobiliária. Normalmente as imobiliárias pagam entre 22% e 25% do valor do honorário da venda do bem imóvel. Por outro lado, o percentual pago pela venda varia de 20% a 22%.
Alguns colegas defendem que o percentual de captação deve ser o mesmo do aplicado na venda. Só que, com opinião estritamente particular, entendo que são funções distintas e, além disso, a captação é uma função em que muitos não têm habilidade, tornando o grau de dificuldade maior do que o da venda. Por isso entendo que os valores não podem ser igualitários.
       v.            Os CORRETORES de imóveis têm várias demandas legais relacionadas ao exercício da profissão. Existe uma organização com características político-partidária comprometida com a defesa dessas demandas?
R: Em alguns Estados brasileiros existem grupos e união dos profissionais do setor nesse sentido. No Distrito Federal estamos entre as mais numerosas categorias profissionais, com homens e mulheres, que formam opiniões e realizam sonhos, porem,  ainda desmobilizados e não representados.  Os profissionais e empresários do mercado imobiliário estão muito carentes de representatividade política. As demandas são variadas e necessitamos de uma pessoa, Corretor de Imóveis, que entenda os reais problemas existentes. O momento é oportuno e temos força para fazermos um representante que venha a defender não somente os interesses de toda a sociedade, mas também dos profissionais que atuam no setor de imóveis.
     vi.            A seu ver qual seria a agenda principal de uma pessoa comprometida com a defesa dos interesses dos CORRETORES de imóveis na arena política?
R: O que devemos entender é que nós Corretores não somos um profissional que escolheu essa profissão por falta de escolha ou oportunidades. A nossa profissão tem fundamental importância junto a sociedade. Somos nós quem ajudamos a construir novas cidades, bairros e auxilia as famílias a conquistarem um dos seus maiores sonhos: a conquista da casa própria. Temos várias necessidades; essas necessidades vão desde geração de cargos públicos para profissionais com conhecimento específico em corretagem imobiliária, principalmente nas agências creditícias. O Corretor é o profissional responsável pela avaliação mercadológica do bem Imóvel, para venda ou locação. E, sem desmerecer, os Arquitetos e Engenheiros, mas estes entendem de custos de edificação. Assim, sou favorável que sejam criadas vagas destinadas aos Corretores, por meio de concurso público, em diversos órgãos públicos. Precisamos aprovar projetos para que o nome e o número de registro no CRECI do Corretor de Imóveis seja gravado na escritura pública. Isenção de ICMS, para aquisição de veículos novos, pois trata-se de ferramenta fundamental e indispensável para atuação profissional. Nós Carecemos de espaços públicos, de forma regularizada, para a realização dos nossos trabalhos diários, para fixar propagandas e stands de forma temporária; Queremos agilidade nas licenças e nas cartas de habite-se. Enfim, são inúmeros apontamentos que poderia discorrer aqui. São muitas ideias e desejos tanto nas áreas federais quanto nas esferas estaduais ou distrital. Mas nesse primeiro momento faz-se necessário a conscientização da união da nossa classe em prol do crescimento e valorização da nossa profissão.
Perfil do entrevistado:
Corretor de Imóveis, Diretor Comercial na Baroli Imóveis, Membro: NAR of Realtors® USA (Corretor de Imóveis Internacional), Administrador de Empresas e habilitado em Marketing (Nível Superior). Possui artigos publicados na Revista Plano Brasília, Redimob (Rede social do mercado imobiliário), nos sites do Sindimóveis e CRECIs do mercado imobiliário brasileiro. É, ainda, Colunista do site Marketing e Publicidade Imobiliária. Foi premiado pela Rede Brasília de Imóveis, no ano de 2010, por ter captado 31 imóveis em 28 dias. Em 2013 recebeu o Prêmio Colibri, considerado o Oscar do ramo imobiliário, na categoria corretor revelação. Também, em 2013, publicou seu primeiro livro Captação de Imóveis - Tudo o que você precisa saber para captar imóveis. Ministra palestra com base no livro recém-lançado, apresentando passo a passo como fez para ter sucesso em captação de imóveis.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Dicionário do CORRETOR


Pensamento do dia 
"O nome do tempo atual em que vivemos
 faz jus ao seu valor em todos os sentidos:  PRESENTE."




Compromisso de Compra e Venda



Uma "Promessa" ou um "Pré-Contrato".
É uma forma do vendedor (proprietário do imóvel) e do comprador (cliente) demonstrarem o interesse mútuo na realização do negócio. Assim, o Compromisso de compra e venda é uma garantia de que as partes se comprometem a realizar todos os trâmites legais para a assinatura do Contrato de compra e venda.   Assista ao video: 








quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Dicionário do CORRETOR

Definição de Termos Imobiliários -Fundos Imobiliários-



Pensamento do dia 
"Reze como se tudo dependesse de Deus e trabalhe como se tudo dependesse de você".





Fundos Imobiliários


Conjunto de diferentes investidores, podendo ser pessoa fisica ou juridica, que se unem para adquirir um determinado imóvel. O valor do imóvel é dividido em cotas fechadas que são ofertadas através das bolsas de valores ou no mercado de balcão, e adquiridas pelos investidores. Estas cotas deverão ser registradas na CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Os valores arrecadados com a venda das cotas formam, assim, o Fundo Imobiliário. O dinheiro do Fundo será administrado por uma instituição financeira que por sua vez, será fiscalizada pela CVM. Com a aquisição do imóvel pelo Fundo Imobiliário os investidores, proprietários das cotas, passarão a receber os rendimentos proporcionais ao valor de cada cota, advindos da valorização do imóvel, da comercialização das suas unidades, etc. 

Para pequenos investidores que procuram um investimentos a longo prazo, o Fundo Imobiliário é uma boa opção, pois o valor total do imóvel está dividido em cotas. Cada cota, pode ainda ser dividida e oferecida a outros interessados, pelos investidores.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Definição de Termos imobiliários




Pensamento do dia
"Não considere nenhuma prática como imutável. Mude e esteja pronto a mudar novamente. Não aceite verdades eternas. Experimente."



Valor Venal

"O valor venal é uma estimativa que o Poder Público realiza sobre o preço de determinados bens. Sua finalidade principal é servir como base de cálculo de certos impostos e, em alguns casos, de emolumentos judicias/administrativos. Para sua quantificação são utilizados critérios objetivos estabelecidos em lei que variam segundo o tempo e o lugar em que o bem se encontra, e segundo o seu gênero e espécie".
http://pt.wikipedia.org/wiki/Valor_venal

O valor Venal é fixado contabilizando o gasto com a construção do imóvel e o valor estimado do terreno. É um valor aplicado pelas prefeituras, sendo esse valor o responsável pela aplicação do imposto. Nesse valor é desconsiderado a valorização ou desvalorização do imóvel no mercado. Por não levar em consideração  a valorização,  normalmente o "valor venal" é muito abaixo do mercado imobiliário.


Podemos dizer também que o valor venal é calculado levando em conta o preço que a unidade imobiliária alcançaria em uma operação de compra e venda simples, considerando a função da área da edificação, as características do imóvel (idade, posição, tipologia), sua utilização (residencial ou não) e seu respectivo valor unitário padrão (valor do metro quadrado dos imóveis no logradouro).

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Tecnologia e Dicas para o CORRETOR



Corretores de imóveis, como vocês lidam com as novas tecnologias?


Pensamento do dia
"Hoje tomei a decisão de ser eu".









Não é nenhum segredo que as redes sociais estão sendo um dos maiores meios de comunicação. Veja o artigo abaixo que reforça esta afirmativa e ainda dá excelentes dicas para você, CORRETOR.







"Em uma rápida busca no Google, utilizando um smartphone, é possível achar diversas opções de imóveis na Internet com fotos, informações de preço e valor aproximado de condomínio. Acessando as redes sociais também é fácil encontrar detalhes sobre apartamentos, casas, salas comerciais e quaisquer outras informações sobre imóveis, inclusive, contato de corretores que criaram suas páginas para facilitar o relacionamento com o cliente.


Mais do que isso, é pelo Google Street View e Google Maps que muitos consumidores buscam detalhes, como localização, vizinhança, distância entre os pontos de interesse, condições de conservação do imóvel, etc. Depois de passar por estas buscas, ai sim o cliente determina se fará contato com o corretor para ter outras informações do imóvel. Os tempos mudaram? Sim, e a forma de procurar um imóvel também.


Uma recente pesquisa realizada pela Imovelweb mostra que nos últimos cinco anos, a busca por imóvel através da internet aumentou de 3% para 10%. Isso indica que a internet e as redes sociais estão se tornando importantes fontes de informações para aqueles que querem adquirir um imóvel. “Hoje, 99% dos clientes vêm de uma situação online, com todas as informações já checadas. Antigamente, o cliente não tinha acesso, o máximo era o classificado do jornal aos domingos. Hoje em dia é possível saber detalhes da localização à simulação de financiamentos”, afirma o diretor da Qualitty Imóveis, Fabiano Neaime.


Com esse processo tecnológico, surge um novo desafio: Como os profissionais do mercado imobiliário devem agir diante dessa mudança? Segundo Neaime, o corretor de imóveis precisa ter um diferencial no atendimento, conhecer muito bem o mercado e ter postura para transmitir segurança ao cliente. “Nem sempre os consumidores têm todas as informações corretas em mãos e, por isso, é importante que o profissional saiba sobre o assunto com profundidade. As ferramentas ajudam, pois trazem um cliente mais direcionado, mas podem atrapalhar e confundir o consumidor. Às vezes, uma foto pode deixar o cliente insatisfeito, se mal tirada”, explica.


Para quem pretende seguir carreira ou melhorar seu desempenho profissional é necessário investir em treinamento e buscar informações. “Hoje, a profissão do corretor mudou. Ele é um profissional de mercado. Alguns, por exemplo, compraram notebooks, smartphones, câmeras digitais mais preparadas, fizeram cursos especializados, etc.”, ressalta Neaime.


Dicas

Para quem está na profissão, confira algumas dicas e mãos à obra!


- Encare a corretagem de imóveis como uma profissão que precisa de atualização, dedicação e investimentos em formação, seja ela especializada ou em atendimento ao cliente;


- Mantenha sua postura séria, ética e passe segurança ao cliente, tanto na compra, como na locação;


- Entenda as necessidades dos clientes, assim como seu perfil. O que é bom para um, pode não ser para o outro;


- Faça da tecnologia uma aliada! Invista em uma boa máquina fotográfica e tome cuidado na hora de fotografar os ambientes. Uma foto mal tirada, desfocada e poluída pode desinteressar o cliente;


- Levante as informações sobre o cliente, como o melhor horário para uma ligação, visita ou mesmo para um bate-papo. Evite excesso de ligações em horários inadequados;


- Quando possível, tente contato com o cliente via e-mail para passar mais detalhes sobre os imóveis, como fotos e plantas. Às vezes, o contato online pode ser mais eficaz e rápido no dia a dia". 

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Lembre se CORRETOR



O Inedi esta promvendo cursos de ferias para o seu aperfeiçoamento.


Pensamento do dia
"Quando você muda o modo de ver as coisas, as coisas mudam".





Para o CORRETOR já inscrito, observe as datas e horários.
As informações estão no site do INEDI e no último post deste blog.
O CORRETOR que ainda não fez sua inscrição, corra que ainda dá tempo.
Na próxima segunda feira começa um novo curso.